Cronograma de apresentações

CRONOGRAMA DE COMINICAÇÕES ACADÊMICAS
DIA 25 (TERÇA-FEIRA)
19:30
Preamar teatral: arte, formação e cidadania nas escolas públicas das ilhas de Belém.
Profa. Msc. Inês Ribeiro
19:45
Teatro no ambiente hospitalar: narrativas que contam histórias de vida.
Profª Esp. Patrícia Mara de Miranda Pinheiro
20:00

Carne Trêmula: a performance do caboclo Zé Pilintra no terreiro de umbanda rei São Sebastião em Belém do Pará. –
Prof. Claudio Dídima Mestrando em Artes – PPGArtes – ICA/UFPA

20:15
Oxum a guia e a reza, a performance ritual da bandeira de Selminha Sorriso Z.
Prof.Dr. Miguel Santa Brigida PPGAC-UNIRIO – NEPAA

20:30
Corpo Divinu: a performance do “seu julico” na novena do Divino Espirito Santo.
Ysmaille Ferreira de Oliveira Mestrando em Arte PPGArtes/ICA – UFPA

21:15
Adês e Filás: A artesania afro-religiosa-carnavalesca de Delleam Cardoso.
Profa. Claudia Palheta Mestranda do PPGArtes/ICA-UFPA

21:30
Janelas do Tempo: releituras de figurino no auto do círio de 2011.
Prof. Beto Benone Mestrando em Artes – PPGArtes / ICA – UFPA

22: 15
Teatro de almas; A performance dos Encomendadores de alma de Oriximiná – aluno especial PPGARtes Álvaro Batista

22: 45
A Performance do Porta-estandarte na cena carnavalesca paraense.
Feliciano Marques Filho Mestrando do PPGArtes/ICA-UFPA

DIA 26 (QUARTA-FEIRA)
19:30
Um levantamento preliminar dos aspectos metodológicos e epistemológicos no corpus das dissertações de mestrado já defendidas no PPGArtes do Ica/UFPA.
Profa. Dra. Wladilene de Sousa Lima

19:45
A construção do personagem do rei Basilio na montagem do espetáculo A vida é sonho.
Alberto silva Neto Mestrando em Artes PPGArtes- ICA/UFPA

19:45
De O avarento ao mão de vaca de Moliere dos Palhaços Trovadores; o texto teatral em processo.
Suani Trindade Corrêa, Mestre em Letras UFPA.
20:00
Teias da memória e da criação: Usina Contemporânea de Teatro, 22 anos (1989- 2011).
Profa. Valéria Frota de Andrade Mestranda do PPGArtes/ICA-UFPA

20:30
Terra de mulheres de fogo com almas de Vento: o universo feminino na dramaturgia de Lorca.
João Guilherme Ribeiro Pinho Graduando em Teatro ETDUFPA – UFPA

20:45
O Estatuto Mágico das imagens fotográficas do espetáculo “quando a música terminar…”.
Prof. Msc. Edson Fernando ETDUFPA/UFPA

21:15
Retrato de circo- o circo teatro em Belém no sec XXI.
Maria Virginia Abasto de Sousa Mestranda em Artes PPGArtes – ICA/UFPA

21:30
Corpo vocal
Rosaurea Nascimento e Érica Sousa Graduandas de Teatro ETDUFPA – UFPA

21: 45
A CRIAÇÃO COLETIVA DE UMA DRAMATURGIA E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA UM ESPETÁCULO TEATRAL NA ESCOLA.
Juliana de Andrade

DIA 27 (QUINTA-FEIRA)
19:30
Teatro na adolescência: cuidado de si; consciência da encenação, novas mídias.
Profa. Dra. Olinda Charone
19:45

A docência entre o técnico e a licenciatura em teatro: que mudanças? Que desafios? Que práticas?
Daísa Gomes do Rosário Prof. Msc. da ETDUFPA
20:10

Jupiara: a performance do espetáculo teatral “Se essa rua fosse minha”
Cleice do Socorro Abreu Maciel Graduanda em teatro ETDUFPA/UFPA.
20:25

Relatório de campo: a oficina projeto experimental cênico.
Rômulo Estevam Graduando em Teatro ETDUFPA/UFPA
20:40

DIREÇÃO TEATRAL NA ESCOLA: DO PROFESSOR AO PROFESSOR DIRETOR
Luciana Porto

21:00
Diálogos interculturais: mediações e traduções do encontro colonial.
Carmem Izabel Rodrigues PPGCS-UFPA

21:15
O Beabá do bajubá: notas etnográficas sobre um mercado lingüístico dissidente da cidade de Belém.
Milton Ribeiro da Silva Filho Mestrando PPGCS-UFPA
21:30
Corpos em transito: a performance de gênero na experiência transexual masculina.
Iracy Vaz
21:45
Assunto de Menino: a teoria Queer e o teatro Paraense.
Kauan Amora Graduando de Teatro ETDUFPA – UFPA

.

COMUNICAÇÕES ARTÍSTICAS
1 – Zé s na beira e na eira no intercurso perceptivo – GITA
LOCAL: SALA 05
DURAÇÃO: 20 MINUTOS

2 – Crisálida – Crissie Santos
LOCAL: SALA 05
DURAÇÃO: 5 MINUTOS

3 – O lúdico na Amazônia : histórias da mala sem fundo da escritora infantil paraense Eliana Barriga para contar, cantar e coçar… Cecília Barriga e Heliana Barriga.
LOCAL: ESTACIONAMENTO
DURAÇÃO: 20 MINUTOS

4 – Aquela que domina a Espada e Aquela que domina o Amor: para uma Mitologia afrobrasileira no treinamento do ator – Aline Goes
LOCAL: ESTACIONAMENTO
DURAÇÃO: 20 MINUTOS

5 Teatro de animação em miniatura orientado para performance , uma investigação sobre o suporte aberto – Michel Amorim
LOCAL: ESTACIONAMENTO
DURAÇÃO: 20 MINUTOS

Publicado em programação | Deixe um comentário

A CRIAÇÃO COLETIVA DE UMA DRAMATURGIA E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA UM ESPETÁCULO TEATRAL NA ESCOLA

Licenciada em Teatro na Faculdade Dulcina –Brasilia:
Juliana de Andrade Moreira Porto.

Este trabalho propõe a investigação dos caminhos da construção de uma dramaturgia criada a partir de experimentações de um grupo de teatro formado no universo escolar e sua contribuição para o ensino de teatro em turmas de ensino médio. Como objetivo geral visa analisar a criação da dramaturgia voltando para o contexto escolar e como esta abordagem metodológica contribui com o teatro na escola. Os objetivos específicos são: conceituar a dramaturgia, delinear sua trajetória no contexto histórico e desmembrar os elementos da cena, decodificando-os também como dramaturgia, conceituar historicamente a criação coletiva e propor uma metodologia para a sala de aula. Os teóricos que fundamentam a pesquisa são: Margot Berthold, na pesquisa dos períodos teatrais em busca da caracterização de suas dramaturgias, Renata Pallottini que conceitua a dramaturgia e Silvia Fernandes, que analisa alguns processos coletivos e as características de suas dramaturgias. A metodologia de pesquisa utilizada é bibliográfica, onde se pesquisou teóricos que melhor abordassem os temas pesquisados neste trabalho. Com este trabalho espera-se uma melhor relação entre o teatro na escola e os alunos, onde a metodologia proposta estimule e necessite da colaboração e participação criativa discente e contribua com o árduo trabalho do professor e suas pesquisas metodológicas para tornar o ensino de teatro pedagógico e embasado.

PALAVRAS CHAVES: Dramaturgia, Criação Coletiva, Montagem Teatral na escola.

Publicado em III Seminário de Pesquisa em Teatro | Marcado com , | Deixe um comentário

Teatro de animação em miniatura

Michel Guilherme Gomes Amorim

A presente pesquisa é sobre o trabalho do coletivo Grupo de Experimentação de Teatro em Miniatura_GETM, com enfoque no manipulador-performer do suporte aberto ou caixa aberta. O grupo tem duas linhas de experimentação dentro de “caixas” (uma denominação genérica que o grupo utiliza para chamar o espaço da encenação do teatro de animação, espaço onde acontecem as apresentações dos bonecos propriamente dita). Uma é o suporte fechado o outro é o aberto. O trabalho do grupo se apresenta como proposta diferente do teatro de caixa lambe-lambe, ampliando as possibilidades de experimentação dentro de caixas, e talvez como um dos poucos grupos no Brasil que se propõem a discutir a linguagem do teatro de animação em miniatura. O grupo marca sua presença na cena contemporânea dialogando com a performance, numa perspectiva de ter seus trabalhos norteados pela linguagem. Pretendo com esse trabalho aprofundar minhas pesquisas e experiências no teatro de animação e na performance que começaram em 2003 na cidade de Belém.

Palavras-chave:
GETM, Teatro de animação, Performance, Suporte aberto.

Publicado em III Seminário - Apresentações Artísticas | Marcado com | Deixe um comentário

O Teatro das Almas:

Aluno Especial do Programa de Pós-Graduação em Artes

Alvaro Batista Junior

Os “Encomendadores de Almas” é uma expressão cultural e tradicional na cidade de Oriximiná, Estado do Pará, na qual um grupo de pessoas do sexo masculino durante a Semana Santa peregrina pela cidade rezando pelas almas dos mortos, e das almas do purgatório. O grupo de rezadores inicia a performance dentro do cemitério, saindo a seguir em cortejo pela cidade e se detendo em frente das casas, que solicitam o culto, através do sinal de uma vela acessa na porta da residência. Este trabalho tem como campo de pesquisa a performance do ritual e buscará descrever elementos como: corpo, figurino, cenário e a linguagem poética e ritualística desta tradição. Pretende-se também, investigar a origem desse ritual e as mudanças que ocorreram até os dias de hoje, além de realizar um estudo etnográfico do imaginário amazônico por meio dessa manifestação cultural religiosa, explorando a dimensão artística dentro do ritual. O método a ser utilizado para o desenvolvimento do trabalho será o da etnografia, através da observação participante, no qual o investigador integra-se ao objeto pesquisado, realizando a observação das ações humanas e sua interpretação, a partir do ponto de vista das pessoas que praticam as ações. Trata-se de gerar dados aproximando-se da perspectiva que os participantes têm dos fatos. Adicionalmente, entrevistas e registro vídeo-fotográfico comporão o conjunto de dados a serem analisados. A partir do ritual, poder-se-á entender o comportamento humano espetacularmente organizado, diante da performance e da teatralidade impregnada nas ações do mesmo, contribuindo para o estudo da performance e a aplicação do conceito do “comportamento restaurado” de Schechner. O estudo possibilitará ainda a reflexão e divulgação científica sobre a cultura, a etnocenologia e a etnografia da região assim como um melhor entendimento e maior valorização da cultura pelo próprio grupo de rezadores e pelos habitantes de Oriximiná.

Palavras Chave
Arte – Cultura – Amazônia

Publicado em III Seminário de Pesquisa em Teatro, programação | Marcado com | Deixe um comentário

A DOCENCIA ENTRE O TÉCNICO EM ATOR E O LICENCIADO EM TEATRO: QUE MUDANÇAS? QUE DESAFIOS? QUE PRÁTICAS?

Daísa  Gomes do Rosário

Prof. Msc. da ETDUFPA – UFPA

O estudo sobre o exercício da docência dos professores da ETDUFPA visa analisar de que forma o Projeto Pedagógico da Licenciatura em Teatro tem provocado mudanças na prática pedagógica dos professores que atuam tanto no curso técnico quanto na Licenciatura no que concernente à relação professor-aluno, métodos e técnicas de ensino e os processos avaliativos. A relevância do estudo mostra-se em pontuar os principais desafios enfrentados pelos professores em formar tanto o técnico em ator quanto ao professor de teatro, assim como identificar as principais mudanças ou não de habitus no fazer pedagógico de cada um. Entre os principais autores que embasam o estudo estão: Maurice Tardif e Claude Lessard, Demerval Saviani, Lorenzo Tebar, Miguel G. Arroyo, José Augusto Pacheco, Phelippe Perrenoud, Henry A. Giroux, Cipriano Carlos Luckesi, Gilles Deleuze, Monah Delacy, marvin Carlson, Pierre Bourdieu, Mauro Meiches e Silvia Fernades. A coleta de dados será feita através da aplicação de questionários. E quanto aos resultados almejados, espera-se que suscitem e subsidiem a formação de um grupo de pesquisa sobre a formação do professor de teatro.

Palavras-Chave: Docência – Projeto Pedagógico – Professor – Profissão – Teatro

Publicado em III Seminário de Pesquisa em Teatro | Deixe um comentário

RETRATO DE CIRCO: O Circo-Teatro na Belém do Século XXI

Maria Virginia Abasto de Sousa

Mestranda em Artes PPGArtes – ICA/UFPA

Esta pesquisa pretende estudar a “zona de contato” entre as linguagems do Circo e do Teatro, com o objetivo de investigar o processo criativo, de formação e subsistência da linguagem do Circo-Teatro na Belém do Pará do século XXI, tendo como base a análise crítica dos materiais Biblio-Infográficos referentes as artes do Circo e do Teatro, bem como os possíveis resultados coletados na pesquisa de campo com os grupos sujeitos da pesquisa: Palhaços Trovadores, Entreatos e Cia. Nefesh. O modelo metodológico escolhido para este estudo será de caráter qualitativo, mais especificamente, com a abordagem da pesquisa de Observação Participante. Tendo como pontos de reflexão o Circo como arte milenar que parece esfumar-se entre as novas tecnologias e a denúncia a respeito da realidade dos artistas circenses na cidade de Belém, os resultados deverão apontar contribuições nas discussões sobre a linguagem do Circo – do Circo-Teatro, dimensionado como modalidade das Artes Cênicas.

PALAVRAS CHAVE: Circo; Teatro; Circo-Teatro

Publicado em III Seminário de Pesquisa em Teatro | Deixe um comentário

CORPO VOCAL

ÉRICA SOUSA e ROSAUREA NASCIMENTO

Graduandas de Teatro ETDUFPA – UFPA

Escolhemos como objeto de investigação o Grupo de Teatro Maromba, pois queremos traçar a relação entre esse e o texto de Ramon Stergamann, fundador do grupo, de uma forma mais precisa entre interprete e texto. Pretendemos levantar uma discussão em torno dessa relação, ainda que saibamos que ela nem sempre é necessária no teatro.
Investigamos a produção da vocalização do texto Epheméris, de Ramon Stergamann. Em 2006, adaptado para dois personagens, o personagem de Ramon (Andrógino) e o personagem de Edinelson Monteiro (Loucura). O texto se chamou A Mercadora de Almas.
Edinelson levou para o grupo técnicas da Biomecânica de Meyerhold, técnicas extracotidianas de Eugênio Barba e o método Suzuki. O grupo faz uma condensação de todas essas técnicas, codifica as informações que o autor dá e acrescenta no seu trabalho algo a mais.

PALAVRAS-CHAVE: Investigação, codificação, harmonia.

Publicado em III Seminário de Pesquisa em Teatro | Deixe um comentário

Terra de mulheres de fogo com almas de vento: O universo feminino na dramaturgia de Federico García Lorca

João Guilherme Ribeiro Pinho

Graduando em Teatro ETDUFPA – UFPA.

A leitura das obras de Federico García Lorca nos possibilita vivenciar por analogia o transcendente de um homem que viveu aberto às sensações de sua comunidade e enraizado na ancestralidade constitutiva de seu povo, tendo como uma de suas metas por em cena as impressões de sua terra.

Nossa pesquisa investiga os textos dramáticos Bodas de Sangre (1933), Yerma (1934) e La Casa de Bernarda Alba (1936) e Mariana de Piñeda (1927) como expoentes de um discurso individual e social do dramaturgo que traz à cena a demonstração de comportamentos sociais profundamente radicados no inconsciente coletivo. Pretendemos nesta pesquisa dirigir nossa atenção ao universo feminino e aos seus desejos presentes nestas dramaturgias (os três primeiros dramas fazem parte da trilogia rural do autor). Estes dramas nascem de observações diárias, de uma Espanha tomada por uma ditadura que cerca as fronteiras do país e a liberdade individual e coletiva de seu povo o autor deixa suas impressões em toda a extensão de sua obra e dialoga com a representação do mundo em que Lorca viveu.

Palavras chave: Lorca, feminino, dramaturgia, liberdade.

Publicado em III Seminário de Pesquisa em Teatro | Deixe um comentário

Preamar Teatral: arte, formação e cidadania nas escolas públicas das ilhas de Belém

Profa. Msc. Ines Ribeiro

 

O Projeto Preamar Teatral: arte, formação e cidadania nas escolas públicas das ilhas de Belém está  fundamentado na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional
– LDB, aprovada em dezembro de 1996. De acordo, ainda, com o Artigo 26º, dessa
lei, o ensino da Arte constituirá componente curricular obrigatório nos
diversos níveis da Educação Básica, de forma a promover o desenvolvimento
cultural dos alunos (as). De acordo, ainda, com o artigo 9º, item IV, dessa lei
a União ficará incumbida de estabelecer, em colaboração com os Estados, o
Distrito Federal e os Municípios, competências e diretrizes para a educação
infantil, o ensino fundamental e o ensino médio, que nortearão os currículos e
seus conteúdos mínimos, de modo a assegurar formação básica comum.
Fundamenta-se, ainda, no Plano de Curso de Licenciatura em Teatro da Escola de
Teatro e Dança da UFPA. Os PCNs ressaltam que deve ser incluída a modalidade
artística Teatro nos currículos das escolas da rede de ensino. Podemos
considerar que, a educação tende a incluir o Teatro e as demais áreas ligadas à
arte, como especificidades fundamentais para o desenvolvimento de crianças e
adolescentes no exercício de sua cidadania. Nesse sentido, esse documento
reconhece que a área da Arte tem uma função importante tanto quanto as demais
áreas de conhecimentos no processo de ensino e aprendizagem. Conceitualmente,
relaciona a área de Arte com os demais campos do conhecimento e distingue as
suas especificidades, ou seja, Teatro, Dança, Música, Artes Visuais.É
importante frisar que as Diretrizes Curriculares Nacionais, com a Resolução Nº
1, de 31 de janeiro de 2006 caracterizam a Arte na matriz curricular como área
específica da linguagem, com conteúdos próprios conectados à cultura artística
e não apenas como atividade. Assim, a História do Ensino da Arte, passou a ser
identificada por “artes”, e não mais como “Educação Artística” com suas
linguagens especificas: teatro, dança. Neste sentido, o Projeto PREAMAR TEATRAL
constitui-se como um projeto de extensão do ICA/Escola de Teatro e Dança da UFPA
com objetivo de promover um amplo processo de formação continuada, em serviço,
para professores da educação básica das escolas públicas das ilhas de Belém na
intenção de possibilitar, àqueles que já atuam na sala de aula, acesso à
metodologias de ensino do teatro com a democratização da linguagem teatral.

Palavras Chaves: teatro em Comunidades, teatro-educação, preojeto de extensão

Publicado em III Seminário de Pesquisa em Teatro | Marcado com | Deixe um comentário

TEATRO NO AMBIENTE HOSPITALAR: NARRATIVAS QUE CONTAM HISTÓRIAS DE VIDA.

Profª Esp. Patrícia Mara de Miranda Pinheiro                  (PPGARTES/ICA/UFPA).

 

 

 

RESUMO: A Pesquisa em andamento vem sendo desenvolvida junto ao Programa de Pós-Graduação em Artes do Instituto de Artes do Pará ICA/UFPA, e surgiu pelo anseio de pesquisar sobre arte e saúde, na área das artes cênicas/teatro, e objetiva investigar se a intervenção cênica a partir das histórias de vida das pessoas hospitalizadas no Hospital Universitário João de Barros Barreto – HUJBB, sendo estas histórias ressignificadas e levadas a um contexto poético pelo teatro, podem gerar mudanças no estado de saúde destes sujeitos. Para tanto iremos dialogar com referencial teórico na área do teatro e da saúde com autores como: Barba (2010), Boal (1979) Capra (1982), Wuo (2010), entre outros. O caminho percorrido vem sendo baseado em uma pesquisa de abordagem qualitativa do tipo pesquisa-ação. Iniciei minha investigação com levantamento bibliográfico, paralelo as intervenções cênicas nos leitos do HUJBB. Os sujeitos da pesquisa são pessoas hospitalizadas, portadoras do vírus HIV que contam suas histórias de vida.  Em nossas análises partimos da compreensão do teatro dentro de uma abordagem terapêutica, oportunizando ao ator que recria e conta estas histórias a possibilidade de garantir às pessoas em estado de doença, a reflexão e o fortalecimento diante da realidade de dor e sofrimento, criando condições de relações mais humanizadas no ambiente hospitalar.

Palavras-chave: Teatro – Saúde –Histórias de vida. 

Publicado em III Seminário de Pesquisa em Teatro | Marcado com | Deixe um comentário